Resultados para: "como e o orgao genital feminino quamdo bebe"

Você está a ver gravidez , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como e o orgao genital feminino quamdo bebe. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Herpes simplex

Os vírus herpes simplex são muito contagiosos. O tipo 1 é o responsável pela estomatite aftosa. O tipo 2 causa herpes genital. O contágio é direto, da pessoa infetada para a criança. Uma mãe com herpes genital pode passar a infeção ao filho durante o parto vaginal. Na maioria dos casos o herpes não dá qualquer sintoma. Outras vezes surgem as aftas e pequenas vesículas típicas. Depois da infeção, o vírus fica alojado no corpo, reativando-se se houver condições especiais, como baixa da imunidade, stresse, cansaço, outras doenças concomitantes (como pneumonias pelo pneumococo), etc. Não há cura para a infeção herpética, mas pode evitar-se partilhar objetos e talheres, quando estiver presente uma pessoa com herpes ativo. Ler Mais...

E os pipis…

Os pequenos lábios vaginais podem estar, frequentemente, colados. Por vezes é necessário o médico pediatra ou cirurgião afastarem-nos, e os pais deveo depois colocar vaselina durante 15 dias, para não voltar a colar. O nome técnico é«Sinequia dos pequenos lábios». Em alguns bebés do sexo feminino, as hormonas maternas, ainda em circulação no bebé, podem originar um pequeno fluxo vaginal de sangue e de muco. Ler Mais...

Nariz

ong>A obstrução nasalong> Como já se disse ao longo deste livro, estamos geneticamente preparados para alguns milhares de anos atrás. E se há coisa que mudou foi a qualidade do ar: passámos de um ar puro para, sobretudo em meio urbano ou periurbano, um ar poluído, com constantes variações de temperatura, humidificação, ares condicionados, etc. É natural que o nariz reaja, sobretudo sendo um órgãoo vascularizado e feito para ser um órgão de filtragem e defesa e assim se dá a inflamação das paredes, com obstrução, e a produção de secreções («ranho») com espirros à mistura. Até se dar a adaptação do nariz (que em algumas pessoas nunca se dá pelo que ficam a sofrer de rinites crónicas), será preciso colocar soro fisiológico em abundância duas gotas em cada narina antes de cada mamada , para que o bebé possa comer sem engolir demasiado ar, o qual irá gerar mais bolçar, mais soluços e mais cólicas... O entupimento nasal é, assim, uma situação muito comum, «cada vez mais frequente», mas que continua a causar muita ansiedade aos pais, sobretudo quando os bebés são pequeninos. Ler Mais...

E o medrar?

Por volta do fim do primeiro mês aparecem na cara do bebé umas borbulhas a que as pessoas costumam chamar «o medranço». Medrar significa crescer. E era um sinal de boa sorte um sinal de que o bebé tinha ultrapassado a fase de maior risco de doença grave ou morte. A chegada destas borbulhas era um bom sinal: «Medrou!» Crê-se queo reacções naturais da pele que, depois de estar envolvida no líquido amniótico, quentinho e sem alergéneos, de repente começa a ser bombardeada com todo o tipo de agressões térmicas, químicas, físicas, etc. Nunca pensamos que a pele é um órgão como outro qualquer e que precisa de proteção. Talvez por isso a agridamos tanto, todos os dias... Ler Mais...

Sapinhos

Os «sapinhos» são uma infeção por fungos, designados por Cândida albicans. Embora sejam mais comuns em bebés, nos 3 primeiros meses de vida, podem aparecer sempre que o ambiente da boca fica mais propício à infeção, por diminuição da produção de saliva, chupetas há muito tempoo esterilizadas, etc. A boca parece polvilhada de branco, sobretudo na parte de dentro das bochechas, como se estivesse coberta por «açúcar pile». Como a infeção se propaga a todo o tubo digestivo, a região anal pode aparecer avermelhada, de um tom intensoOs «sapinhos» tratam-se com solutos antifúngicos ou um líquido roxo que se vende nas farmácias. Convém aplicar uma pomada antifúngica na região genital, se estiver vermelho. A candidíase oral não tem qualquer perigo, mas pode ser incomodativa e convém ser tratada. Ler Mais...

Balanite

Chama-se balanite à inflamação ou infeção da glande, que é a zona que está debaixo do prepúcio (pele da pilinha). Pode ocorrer em qualquer idade. O aspeto é de uma pilinha com a ponta inchada, vermelha, com corrimento que pode ter várias cores: branco, amarelado ou esverdeado, mas que é geralmente espesso. Por vezes há queixa de dor ao fazer xixi. A balanite é muito comum - na idade das fraldas, há fatores que podem aumentar a frequência da infeção, como o ambiente quente, húmido e escuro da região genital, com a proximidade das fezes. A fimose (aperto da pilinha) é outro fator que ajuda. O tratamento da balanite assenta na aplicação de uma pomada com antibiótico durante 4 ou 5 dias, e limpeza (depois de passar a fase de maior inchaço). Em casos de repetição, ou naqueles em que a criança fica com dificuldade a fazer xixi, poderá ser necessária a circuncisão. Ler Mais...
Como e o orgao genital feminino quamdo bebe | Para Pais.