Resultados para: "como afina o utero na gravidez"

Você está a ver criança , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como afina o utero na gravidez. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

O que causa um aborto numa gravidez avançada?

Um aborto numa gravidez avançada pode acontecer devido a um colo do útero fraco (ou “incompetente”), o que causa a dilatação demasiado cedo. Isto ocorre em 15% dos abortos repetidos. Para uma futura gravidez, uma sutura do colo do útero pode fortalecer o músculo e prevenir uma abertura precoce. Outra causa pode ser o mau funcionamento da placenta, o que afecta o desenvolvimento do bebé. Ler Mais...

O que é um “D e C”?

D e C são as iniciais para dilatação e curetagem, um procedimento cirúrgico no qual a abertura do útero, o colo do útero, é dilatada e o tecido que envolve as paredes do útero é raspado ou removido (curetagem). Este procedimento é algumas vezes utilizado para garantir a evacuação do conteúdo uterino de uma gravidezo evolutiva. Há vantagens e desvantagens a considerar antes de fazer um D e C. O processo fica em geral concluído em duas horas e muitas mulheres recomeçam a sua actividade no prazo de uma semana. No entanto, a necessidade de uma raspagem cirúrgica ou D e C depois de um aborto tem sido questionada devido a potenciais complicações, tais como hemorragia e infecção. Peça conselho ao seu médico. Há opções menos agressivas do que o D e C. Um método é o de simplesmente observar e esperar para ver se o útero irá expelir espontaneamente quaisquer conteúdos restantes da concepção. Outra opção é um tratamento com medicamentos, que estimulam as contracções do útero para expelir naturalmente os tecidos da gravidez. Ler Mais...

Quando sai o rolhão mucoso?

Durante a gravidez, um tampão de muco gelatinoso sela a parte inferior do colo do útero e impede a entrada de infeções para o seu útero. Esse rolhão sai para o fim da gravidez e, embora isso possa significar que o trabalho de parto se vai iniciar em breve, também pode ocorrer até 6 semanas antes de o trabalho de parto começar na realidade. Ler Mais...

A minha placenta está descida e disseram-me para evitar o sexo. Porquê? Só estou com 30 semanas de gravidez.

Conforme o bebé se vai desenvolvendo e crescendo, o mesmo acontece com o útero, e o resultado é que a placenta sobe, afastando-se da abertura do útero. Contudo, em 10 % das mulheres, a placenta mantém-se descida durante a gravidez avançada e então corre-se o risco de uma hemorragia. Uma placenta descida é muitas vezes detectada pela primeira vez numa primeira ecografia e, se for o caso, é normal repetir-se a ecografia cerca das 34 semanas de gravidez para determinar se a placenta continua descida e onde se situa exactamente em relação à abertura do colo do útero. O maior risco de uma placenta descida é uma hemorragia e se já tiver tido algum sangramento é normal recomendar-se que evite ter relações sexuais, pois a agitação do colo do útero, que ocorre durante as relações, pode encorajar mais sangramento. Se tiver dúvidas, será melhor discutir as suas circunstâncias particulares com o seu médico ou obstetra. Ler Mais...

Estou grávida através da FIV. Farei mais ecografias do que o normal?

É normal ter de fazer uma ecografia extra numa gravidez por FIV. Em geral feria no centro onde fez a fertilização. Esta ecografia é em geral feita cerca de duas semanas depois de o embrião ter sido transferido, para confirmar a gravidez e ter a certeza de que a gravidez está dentro do útero e não nas trompas de Falópio. Logo que a sua gravidez seja confirmada, podes continuar com os cuidados pré-natais de rotina como em qualquer outra gravidez. Ler Mais...

Tive três abortos – os meus cuidados pré-natais serão diferentes por causa disso?

Enquanto que um ou até dois abortos são relativamente normais, três não é tanto assim. Se teve abortos recorrentes, terá cuidados pré-natais especiais. Deverá ser aconselhada a tomar pequenas doses de aspirina se houver provas de que tem tendências para fazer um coágulo sanguíneo, chamado síndroma antifosfolipido (aPL). Também lhe será feita uma ecografia vaginal para verificar se tem o colo do útero fraco, quer dizer, se o colo do úteroo consegue aguentar o bebé em crescimento. Se for diagnosticado um colo do útero fraco, dar lhe-ão um ponto durante a gravidez para o manter fechado. Há algumas provas de que, se tomar as hormonas progesterona ou gonadotrofina conónica no início da gravidez, pode reduzir o risco de aborto. Ler Mais...
Como afina o utero na gravidez | Para Pais.