Resultados para: "colocar uma sonda no utero"

Você está a ver grávida , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa colocar uma sonda no utero. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Tem de se beber litros de água antes de uma ecografia? Tenho receio de não aguentar.

Para a ecografia de data das 10-14 semanas, é importante ter a bexiga cheia para tornar possível a visão do bebé. Isto porque até às 12 semanas o útero mantém-se na pélvis e o intestino obscurece a visão. Uma bexiga cheia eleva o útero e empurra o intestino para fora do caminho. Vai precisar da bexiga cheia para a ecografia da translucência da nuca entre as 11 e 14 semanas, dependendo de quando for feita. Algumas unidades fazem ecografias transvaginais (uma pequena sonda de ultra-sons dentro da sua vagina) antes das 10 semanas, se a ecografia abdominal for fraca. Nesse caso, não precisará da bexiga cheia e as pesquisas indicam que as ecografias transvaginais são mais confortáveis no início da gravidez em comparação com as ecografias abctominais Não precisa da bexiga cheia para a ecografia das 18-20 semanas pois a posição do útero já se alterou. Ler Mais...

Dilatação

Nas fases iniciais do trabalho de parto, o colo do útero começa a amaciar, e depois começa a dilatar para que o bebé possa passar através dele e sair pela vagina. A cabeça do bebé não pode passar pelo colo do útero até ele estar completamente dilatado. O tempo que isso demora varia: algumas mulheres já têm alguns centímetros de dilatação no início do trabalho de parto, enquanto outras levam várias horas a atingir essa fase. 2 CM de dilatação: Na primeira fase, o colo do útero começa a amaciar e a abrir gradualmente. 6 CM DE DILATAÇÃO: O colo do útero está a cerca de metade da dilatação e agora as contrações são mais fortes. 10 CM DE DILATAÇÃO: O colo do útero alargou o suficiente para o útero poder empurrar o bebé para fora. Ler Mais...

Quando estarei completamente dilatada?

"Completamente dilatada" significa que o seu colo do útero está completamente aberto para que o bebé possa descer a vagina e nascer. Quando o trabalho de parto começa, o colo do útero ou está fechado ou está um ou dois centímetros aberto. As contrações do útero vão-no abrindo gradualmente até estar completamente aberto. Logo que isso acontece, você entra na segunda fase do trabalho de parto, que dura até ao parto. O ponto em que o seu colo do útero fica completamente dilatado pode ocorrer rapidamente depois do início de contrações fortes e regulares, ou pode levar muitas horas. Ler Mais...

O que é um “D e C”?

D e C são as iniciais para dilatação e curetagem, um procedimento cirúrgico no qual a abertura do útero, o colo do útero, é dilatada e o tecido que envolve as paredes do útero é raspado ou removido (curetagem). Este procedimento é algumas vezes utilizado para garantir a evacuação do conteúdo uterino de uma gravidez não evolutiva. Há vantagens e desvantagens a considerar antes de fazer um D e C. O processo fica em geral concluído em duas horas e muitas mulheres recomeçam a sua actividade no prazo de uma semana. No entanto, a necessidade de uma raspagem cirúrgica ou D e C depois de um aborto tem sido questionada devido a potenciais complicações, tais como hemorragia e infecção. Peça conselho ao seu médico. Há opções menos agressivas do que o D e C. Um método é o de simplesmente observar e esperar para ver se o útero irá expelir espontaneamente quaisquer conteúdos restantes da concepção. Outra opção é um tratamento com medicamentos, que estimulam as contracções do útero para expelir naturalmente os tecidos da gravidez. Ler Mais...

O que é um aborto?

Um aborto á a expulsão ou a extracção do útero de um embrião ou feto antes da 24ª semana de gravidez. Os sinais de um aborto são sangramento vaginal e dores semelhantes às menstruais. Como nem todos os abortos seguem o mesmo padrão, há várias formas de descrever o que acontece. * Ameaça de aborto ocorre quando há sangramento que pode ou não ser acompanhado de dor, mas o feto sobrevive. * Aborto incipiente ocorre quando há sangramento e dores devido a contracções do útero, o canal cervical dilata e o feio é expelido. * Aborto retido ocorre quando o feto morre mas mantém-se no útero e ou é expelido mais tarde naturalmente ou retirado por operação. Ler Mais...

Como será cortado o cordão umbilical?

Logo que o seu bebé nasce, a prática comum é colocar um grampo de plástico no cordão umbilical a cerca de 1 cm da barriga do bebé e colocar outro grampo a cerca de 3 cm do primeiro; o cordão entre os grampos é então cortado, utilizando uma tesoura própria. Recentemente tem havido algum debate sobre a melhor altura para colocar os grampos e cortar o cordão umbilical. As pesquisas mais recentes sugerem que esperar 2-3 minutos para colocar os grampos é mais benéfico para o bebé. Isto porque o cordão continua a pulsar durante alguns minutos depois do parto e assim, atrasar o corte, permitirá que passe mais sangue da placenta para o bebé. Isso aumenta o fornecimento de oxigénio ao bebé e o volume de sangue, o que, por sua vez, faz subir os níveis de ferro e reduz os riscos de anemia. Embora alguns hospitais tenham alterado as suas políticas de acordo com estas pesquisas, a maior parte continua com a prática de colocar grampos e cortar de imediato. Se tiver alguma preferência sobre a altura apropriada, pode incluir isso no seu plano de parto. Se o seu acompanhante de parto quiser participar no corte do cordão umbilical com a parteira, discutam isso antes do parto; poderá ser possível desde que tudo corra bem no parto. Ler Mais...
Colocar uma sonda no utero | Para Pais.