Resultados para: "cicatizez de corte no abdonem na vertical"

Você está a ver alimentação , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa cicatizez de corte no abdonem na vertical. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, gemeos escondidos barriga, cesaria inflamada, cesariana inflamada, colo do utero dilatado fotos, bucentinha infantil.

A minha parteira escreveu CIT nas minhas notas – o que é que isso significa?

O tipo mais comum de cesariana é de incisão transversal (CIT). Isso refere-se a um corte de 12-15 cm feito ao longo da linha do biquíni. O outro tipo de incisão é o corte "clássico" ou vertical, embora hoje em dia seja muito raro e só seja utilizado se, por exemplo, houver uma cicatriz vertical de uma cesariana anterior, ou numa situação de emergência, como uma hemorragia, embora mesmo assim seja raro. Ler Mais...

Epiglotite

A epiglotite é rara em Portugal, mas trata-se de uma situação de emergência. O maior agente é o Haemophilus influenzae, uma bactéria para cuja estirpe invasiva já há uma vacina no Programa Nacional de Vacinação. A epiglotite manifesta-se pelos sinais de inflamação da epiglote, estrutura respiratória que fica abaixo da faringe, sobre as cordas vocais. A tumefação e edema desta área provocam falta de ar e obstrução à passagem do fluxo aéreo. Nos casos graves, com progressão galopante, pode ser necessária a traqueotomia (fazer um corte vertical na pele e cartilagens da traqueia, acima do esterno, e inserir algo enrolado - cartão de visita, tubo de esferográfica -, que forme um acesso à respiração). A epiglotite acompanha-se, geralmente, de febre alta. A criança deverá ser levada, de imediato, a uma urgência hospitalar. Ler Mais...

Como serei cosida e como será a minha cicatriz?

Se fizer o tipo mais comum de cesariana de incisão transversal, é feito um corte de 12-15 cm ao longo da linha do biquíni. O outro, menos comum, é o tipo "clássico" ou incisão vertical. Durante a cesariana, o cirurgião precisa de cortar através de várias camadas de gordura e tecido antes de fazer uma incisão no útero. Essas camadas internas serão cosidas depois da operação utilizando pontos absorventes e então a camada da pele será cosida ou agrafada no fim. Os agrafes são em geral retirados três dias depois da operação, enquanto os pontos são deixados cerca de cinco dias. Geralmente, retirar os agrafes ou os pontos não causa dor. Ler Mais...

O que fazer em caso de corte?

Em caso de acidente, desinfectar o corte e colocar um penso compressivo (fazer pressão durante alguns minutos, para parar a hemorragia, e depois colocar um penso rápido). Se o corte for muito profundo, grande ou continuar a sangrar, será então necessário ir a um serviço de urgência. Ficam aqui algumas sugestões para ajudar a diminuir o enorme número de ferimentos por cortes não esquecendo que os bebés aprendem sobretudo através do exemplo e da imitação, pelo que é importante observar sempre as regras de segurança na utilização de objetos cortantes. À medida que crescerem e tiverem que aprender a utilizar estes instrumentos, que o façam sob a supervisão e orientação do adulto, com calma, jeito e atenção. Ler Mais...

Algumas questões

Freio da língua Aquilo a que se chama habitualmente «freio da língua» e que provoca, quando curto, uma situação que se designa por «língua presa», é nem mais nem menos do que um espessamento dos músculos génio-hioglóssicos, mesmo na parte central da língua, formando uma prega vertical. Pode ser uma coisa muito ligeira (apenas uma pequena membrana), ou um espessamento razoável. Neste último caso pode impedir que a língua saia normalmente da boca, prejudicando a deglutição e a fala (nos recém-nascidos normais, a língua é sempre pequena). A principal alteração da fala que se atribui ao freio da língua é a criança ficar «ciosa», com dificuldade de pronunciação de certas letras (N, L, T, D - «sopinha de massa»). Embora não seja um problema de maior, há que pensar que estamos numa era de comunicação e que tudo o que possa prejudicar esta, poderá ter efeitos no relacionamento e na auto-estima da criança, quer em casa, quer na sua vida escolar e pública. Na dúvida, o cirurgião pediatra dirá se é melhor fazer o corte do freio, o que, a fazer, é rápido e instantâneo, sem quaisquer perigos, se for feito nas primeiras semanas de vida. Ler Mais...

Que fazer em caso de corte

A maioria dos cortes podem ser tratados em casa. Se os cortes são mais profundos ou nos casos em que não se consegue estancar a hemorragia, é necessário tratamento médico de emergência.
  • limpe a ferida e pressione o corte, com gaze estéril ou uma toalha limpa;
  • se ainda aparecer sangue, coloque outra gaze e pressione;
  • depois, já na fase de cicatrização, deve aplicar-se um creme hidratante, ou vaselina, para evitar que fique uma cicatriz definitiva.
Contacte o médico se:
  • a ferida for profunda ou os bordos estiverem muito separados;
  • for no lábio e apanhar a transição para a pele;
  • continuar a sangrar mesmo sob pressão (deverá estancar depois de 5 minutos);
  • for devida a mordedura (de animal ou humana).
O corte requer um tratamento de emergência se:
  • houver uma parte que foi amputada, parcial ou totalmente (dedo, por exemplo);
  • o sangue sai, vermelho vivo, e em golfadas (significa que vem de uma artéria, que tem muito mais pressão);
  • não se consegue controlar (por exemplo, as toalhas ficam repletas de sangue);
  • a criança sente-se muito mal e o estado geral está a deteriorar-se.
Ler Mais...
Cicatizez de corte no abdonem na vertical | Para Pais.