Resultados para: "cesaria pode inflamar por dentro"

Você está a ver alimentação , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa cesaria pode inflamar por dentro. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Inflamação do pavilhão auricular

É frequente o pavilhão auricular inflamar-se ou infetar. Trata-se de uma região muito rica em líquidos e cartilagem, com condições para que estas alterações ocorram. Desde uma picada de inseto à colocação de brincos, passando por eczema, traumatismos pequenos (até a pentear) ou qualquer outra solução de continuidade, são muitas as causas para inflamar, e subsequentemente infetar, o pavilhão auricular. Além do inchaço, pode haver dor (por vezes intensa) e o pavilhão fica avermelhado. Se as alterações forem na parte de trás, podem passar mais tempo desapercebidas. Na maioria dos casos, a administração de um analgésico e aplicação local de pomada antibacteriana é suficiente. Contudo, pode haver necessidade de dar um medicamento para a comichão e/ou antibiótico por via oral, nos casos mais renitentes. Qualquer ferida, mesmo que pequena, no pavilhão auricular, deve ser desinfetada e vigiada. Ler Mais...

Otite externa

O canal auditivo externo pode infetar-se ou inflamar-se, a partir de pequenos traumas, entrada de água quando de mergulhos, tentativas de arrancar a cera, entre outros. A pele pode fazer ferida e sangrar ou doer. Há, no entanto, que separar bem dos sintomas de otite, que cursa com febre alta e dor violenta, ou então com saída abundante de pus. Há preparados otológicos que tiram a dor e, ao mesmo tempo, têm anti-inflamatório e antibiótico - a sua aplicação 3 a 4 vezes ao dia durante 4 dias geralmente é suficiente. Deve insistir-se com a criança para não coçar nem introduzir nenhum corpo estranho. Ler Mais...

Tenho medo de tocar na ponta do cordão umbilical do meu bebé – devo limpá-la?

O cordão umbilical continha as artérias e as veias que alimentavam o seu bebé e que removia as secreções durante a gravidez. E normal os pais não quererem tocar na ponta do cordão. Contudo, a ponta pode infetar pois a base pode ficar húmida e, uma bactéria prejudicial que vive na nossa pele pode crescer nessa área húmida antes de a ponta cair, o que acontece, em geral, ao décimo dia. Se a ponta do cordão estiver limpa e seca, não há necessidade de lhe tocar, mas se ficar suja deverá ser limpa com algodão humedecido. Logo que a ponta caia, a zona deve ser mantida seca até cicatrizar, pois o umbigo e a zona circundante também se podem inflamar. Se a ponta tiver mau cheiro ou estiver pegajosa, contacte a sua parteira ou o seu médico. Ler Mais...

O meu bebé deverá usar o gorro dentro de casa?

Um dos fatores que se sabe que pode aumentar o risco de morte súbita é o sobreaquecimento. Embora os bebés percam o excesso de calor pela cabeça, e seja importante cobrir-lhes a cabeça no exterior, se estiver frio ou vento, o gorro do bebé deverá ser retirado dentro de casa ou quando entrar num local aquecido, como um autocarro ou uma loja, mesmo que tenha de o acordar. Há algumas exceções. Se um bebé tiver nascido prematuro, se tiver um baixo peso à nascença, ou se tiver dificuldade em manter a sua temperatura, então poderá precisar de usar o gorro dentro de casa. Contudo, logo que estes bebés tenham um peso saudável, ou consigam manter a temperatura do corpo, isso já não se justifica. Ler Mais...

A minha mãe teve varizes – será que também vou tê-las na gravidez?

Cerca de um terço das mulheres sofrem de alguma forma de varizes na gravidez. Isto ocorre porque o aumento da hormona progesterona faz com que as paredes das veias se tornem menos firmes; há também um aumento de pressão dentro das veias como resultado do aumento do útero que pressiona as veias da pélvis. Famílias com varizes no seu historial aumentam as possibilidades de as ter, mas há várias coisas que pode fazer para diminuir os riscos ou a gravidade das varizes. Se as varizes aparecerem durante a gravidez, em geral melhoram dentro de três meses depois do parto, embora infelizmente, em gravidezes subsequentes o mais certo seja voltarem. Ler Mais...

Estou com 25 semanas de gravidez e o meu bebé parece que “salta” quando ouve ruídos altos – isso é normal?

Os bebés prematuros reagem aos sons e os sons altos produzem-lhes um “reflexo de susto”, portanto isto é uma prova evidente de que os bebés dentro do útero, durante a gestação, também ouvem e reagem aos sons altos, possivelmente com movimentos repentinos. Como mencionado acima, estudos demonstraram que os bebés podem reagir a sons dentro do útero desde as nove semanas de gestação. Conforme o feto vai crescendo, a audição desenvolve-se com os bebés a responder a uma maior variedade de sons. Ler Mais...
Cesaria pode inflamar por dentro | Para Pais.