Resultados para: "bucettas de mulheres que ganharao bebes"

Você está a ver leite , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa bucettas de mulheres que ganharao bebes. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, colo do utero dilatado fotos, cesariana inflamada, pontos parto normal coçando.

Estou à espera de gémeos – posso mesmo assim amamentar?

Muitas mulheres com gémeos amamentam com sucesso, embora possa haver necessidade de planeamento extra, pois a vida torna-se mais fácil se ambos os bebés adotarem a mesma rotina e se se alimentarem juntos. Muitas mulheres julgam que não produzem leite suficiente para satisfazer gémeos; contudo, a produção de leite funciona numa base de fornecimento e exigência: assim, quanto mais os seus bebés sugarem, mais leite produzirá. Pode amamentar os dois bebés ao mesmo tempo, ou extrair o leite e amamentar os bebés de forma alternada. O leite extraído pode ser dado em chávena para diminuir o risco de o bebé o tomar por tetina e a preferir ao mamilo. Há associações dedicadas aos cuidados de gémeos. Ler Mais...

É normal os bebés deixarem de se mexer tanto para o fim da gravidez?

Para o fim da gravidez, os movimentos do seu bebé podem alterar-se pois há menos espaço para ele estender os membros e o tronco. Contudo, você ainda deverá ter percepção de um padrão regular de movimentos. Durante os últimos trinta anos as mulheres foram muito encorajadas a contar os pontapés dos seus bebés. No entanto, em 2003, foi recomendado que se parasse com esta prática, pois contar os pontapés que um bebé dá não é uma indicação exacta para saber se o bebé está bem, e cada bebé dá um número diferente de pontapés. Hoje em dia, as mulheres são, em vez disso, encorajadas a prestar atenção ao padrão de actividade dos seus bebés, incluindo o tipo de movimentas que fazem e os períodos em que estão mais activos. Estudos demonstraram que mais de 50% das mulheres que tiveram um nado-morto notaram uma alteração no padrão de movimentos. O conselho geral é, se estiver preocupada com o padrão de movimentos do seu bebé deverá falar com o seu médico ou com o hospital. Ler Mais...

Há vários factores que podem aumentar o risco de aborto

O risco de aborto é maior nas mulheres mais velhas. Julga-se que isso se deve em grande parte ao facto de as mulheres mais velhas serem mais propensas a ter bebés com anomalias cromossómicas, o que pode trazer problemas de desenvolvimento e aborto. Algumas doenças manifestadas na gravidez também podem aumentar o risco de aborto, tais como a síndroma do ovário policístico ou fibroso. Outros factores são o excesso de peso ou peso a menos, fumar, beber álcool em demasia ou consumir drogas leves. Os abortos também podem acontecer com mais frequência se engravidar mais vezes. Ler Mais...

Quando poderei ir para casa depois de uma cesariana?

Até há relativamente poucos anos, as mulheres que tivessem feito uma cesariana ficavam no hospital durante cinco a sete dias e uns anos antes, 10 a 14 dias era a média de tempo passado no hospital. Hoje em dia, principalmente devido ao reconhecimento de que as mulheres recuperam muito melhor no conforto das suas casas – onde podem dormir e descansar mais pois não são perturbadas por outros bebés - e também algumas vezes por questões de economia, falta de espaço e número reduzido do pessoal das unidades maternas, as mulheres, em geral, têm alta do hospital cerca de três a quatro dias depois da cesariana. Há circunstâncias em que isto pode não ser o caso. Por exemplo, se a mãe não estiver a recuperar bem depois do parto, se estiver sozinha em casa, ou se estiver a ter problemas em amamentar o seu bebé, então a sua alta poderá ser adiada. Se um bebé tiver sido admitido na unidade de cuidados especiais do hospital, muitas unidades maternas permitirão que a mãe fique até 10 dias. Ler Mais...

O que significa um trabalho de parto pré-termo?

Pré-termo significa que o bebé nasce algumas semanas antes do previsto. Enquanto só uma pequena percentagem de bebés nasce no dia em que realmente se espera, prever exatamente quando será o parto é completamente impossível. A maioria das mulheres tem os seus bebés entre as 37 e as 42 semanas de gravidez. A data prevista (DPP ou data provável do parto) é calculada às 40 semanas. Tecnicamente, qualquer bebé nascido antes de completar as 37 semanas de gravidez é considerado prematuro, mas quanto mais perto da DPP o seu bebé nascer, menos problemas terá em adaptar-se à vida fora do útero. Ler Mais...
Bucettas de mulheres que ganharao bebes | Para Pais.