Resultados para: "bebe saindo da barriga"

Você está a ver alimentação , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa bebe saindo da barriga. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Quando devo pôr o meu bebé de barriga para baixo?

Mesmo um recém-nascido pode passar algum tempo de barriga para baixo quando estiver acordado para ajudar a fortalecer o pescoço e os ombros e para ajudar a controlar a cabeça. É importante que o seu bebé não passe o tempo todo deitado de costas, pois com o passar do tempo pode deformar a cabeça e "achatá-la" num dos lados. Quando for mais velho, deitá-lo de barriga ajudá-lo-á a aprender a gatinhar. Supervisione-o durante "o tempo de barriga para baixo" e esteja pronta para ajudar se ele se cansar ou ficar frustrado; irá gradualmente ficando mais forte. Contudo, nunca ponha o seu bebé de barriga para baixo para dormir, pois isso pode aumentar o risco de morte súbita. Ler Mais...

A minha barriga é descida portanto deve ser um rapaz?

Isso não é provável! Diz-se que se a barriga é baixa vai ter um rapaz, e se é alta, então vai ter uma menina. A verdade é que a forma da sua barriga provavelmente é determinada pelo músculo e tonicidade uterinos assim como pela posição do seu bebé. Há imensos mitos menina - menino: se tiver as mãos macias vai ter uma rapariga, se tiver as mãos ásperas será um rapaz; se o futuro pai andar nervoso é uma menina, se andar relaxado é um rapaz; se a mãe pegar na chávena de café com as duas mãos é uma menina se pegar pela asa é um rapaz; se tiver o umbigo muito sensível é uma menina, se tiver os pés frios é rapaz... a lista não tem fim! Ler Mais...

Gosto de acariciar a minha barriga e de falar com o meu bebé, pois mesmo agora sinto que o meu bebé está aqui – isto é idiota?

Não, isso é perfeitamente normal e pode acalmá-lo pois os bebés podem distinguir a voz da mãe no útero e por vezes os seus batimentos cardíacos diminuem em resposta. Contudo, não recomendaria que esfregasse a sua barriga com muita força ou muitas vezes pois, em alguns casos, isso pode causar contracções e pode estimular um trabalho de parto pré-termo se estiver por volta das 37 semanas de gestação. Muitas mulheres acham que os laços mãe-filho já existem antes de o bebé nascer. É bom que tenha esses pensamentos positivos durante a gravidez, pois podem ser uma base excelente para o seu futuro relacionamento com o seu bebé. Ler Mais...

As pessoas estão sempre a dizer-me que estou com pouca barriga, mas a parteira diz que está tudo bem. Pode explicar isto?

Diga-lhes para se meterem nas suas vidas! Se a sua parteira diz para não se preocupar, então eu ficaria tranquila - algumas mulheres escondem muito bem a gravidez! A parteira começa a medir a sua barriga por volta das 26-28 semanas, pois por essa altura a maior parte dos órgãos já está mais ou menos desenvolvida e o seu bebé está a crescer e a armazenar gordura. Muitas unidades utilizam tabelas de crescimento personalizadas que têm em conta as suas características individuais, como a sua raça e altura, que influenciam o tamanho do seu bebé. Tendo estes factores em conta, a sua parteira pode prever com mais exactidão o peso esperado e as medidas do seu bebé. Ler Mais...

Vomitar sangue

Alguns bebés vomitam e o conteúdo do vómito está raiado de sangue. Isto pode acontecer essencialmente por duas razões: nos bebés que estão ao peito, sobretudo nos primeiros dias, pode ser sangue do mamilo da mãe, que eles engolem e que causa irritação gástrica. Quando bolçam nota-se o sangue da mãe. Outras vezes, quando o vómito é repetido e intenso, o sangue vem da faringe e da garganta, e não do estômago, devido ao esforço. É possível, quando os vómitos são violentos (tal como certos acessos de tosse), a cara e o pescoço do bebé ficarem com pintinhas de sangue que não desaparecem à pressão do dedo. Chamam-se petéquias mas não têm a ver com as petéquias das septicemias, por exemplo, que são espalhadas pelo corpo todo. Neste caso, são muito «territoriais», exactamente na região que sofreu o aumento de pressão pelo esforço do vómito ou da tosse, saindo alguns glóbulos dos pequenos vasos que ficaram com alta pressão. Ler Mais...
Bebe saindo da barriga | Para Pais.