Resultados para: "bebe com 48 dias muito fugueira nariz o que usar resposta"

Você está a ver bebé , leite e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa bebe com 48 dias muito fugueira nariz o que usar resposta. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, ver parto normal ver tudo, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Conselho sobre obstrução nasal

Os pais e educadores devem estar muito atentos ao nariz das crianças, e tratá-lo de forma a garantir a sua permeabilidade. No entanto, há que tomar em atenção o seguinte: a parede do nariz (mucosa) é muito frágil (exatamente por ser fina e muito vascularizada). Qualquer agressão (cotonete, aspirador de secreções, limpezas bruscas, etc.) pode lesar a parede do nariz e provocar a resposta por parte deste que é a secreção de ainda mais ranho. Ensinar e insistir para se assoar é a medida mais eficaz. Ler Mais...

Como manter o nariz das crianças «saudável»?

É fundamental manter o nariz das crianças bem permeável, até porque os bebés muito pequenos só sabem respirar pelo nariz se o tentam fazer pela boca, «engolem o ar em vez de o respirar, ficando com soluços e com cólicas. Ainda por cima, o nariz tem um «sistema de aquecimento e de umidificação natural. Formado por ossos muito irrigados de sangue - quem já bateu com o nariz ou levou uma pancada nessa área sabe como sangrou esta «arquitetura» faz com que por exemplo, num dia frio, o ar que entra a 10°C no nariz chegue aos brônquios a 37°C, ou seja, à temperatura fisiológica, para além de bem umidificado. A boca não tem esse sistema tão apurado, e é por isso que respirar pela boca faz com que o ar frio chegue aos brônquios ainda a temperaturas baixas e com um grau pequeno de umidade, o que vai lesar os cílios e o sistema de limpeza respiratória, causar lesões na mucosa dos brônquios e levar ainda à produção de mais secreções e tosse, num circulo vicioso de onde se torna difícil sair. Nesta tareia de "manter o nariz limpo», há que ter em atenção o seguinte: a parede do nariz (mucosa) é muito frágil (exatamente por ser fina e muito vascularizada). Qualquer agressão (cotonete aspirador de secreções ou limpezas bruscas) pode lesar a parede do nariz e, provocar a resposta por parte deste que é a secreção de ainda mais ranho. Vale a pena pensarem «dois minutos» antes de usarem um aspirador de secreções, senão vejam o seguinte: estes aparelhos tuncionam à base de vácuo e aderem às paredes do nariz como ventosa (ó impossível conseguir extrair, secreções sem tocar nas paredes), «sugar» as paredes, mesmo que ligeiramente, arrancam algumas células e o nariz vai assim ter pequenos ferimentos, tendo resposta pronta para isso: mais secreção e inchaço. Em consequência, a passagem nas fica ainda mais estreita. As crianças realmente melhoram com a aspiração, mas essa melhora dura escassos momentos ei ainda ficam pior daí a bocado. Ler Mais...

Quais são os sintomas?

Os sintomas têm a ver principalmente com a lesão que os vírus provocam ao nível do nariz a parede nasal fica inchada, o que faz aumentar a obstrução e a sensação de -nariz cheio-, e o nariz produz também mais muco, que ó uma forma de combater os agressores. Isso ainda aumenta mais a oclusão nasal. Primeiro as secreções são claras, tipo «aguadilha», mas podem depois tornar-se mais espessas e brancas ou amareladas. Finalmente, poderão ficar esverdeadas, o que em alguns casos indica já um envolvimento também de bactérias, mas nestes casos a constipação também se acompanha de outros sintomas (febre alta, por exemplo) e dura mais do que os dois, três dias «da praxe» é sinal que a constipação se quer instalar para ficar». Os sintomas gerais, queo chegam a ser muito fortes mas podem ser suficientemente incomodativos mal-estar, febre muito baixa, vontade de descansar, resultam da passagem de alguns vírus pelo sangue, mas são de curta duração - ao fim de dois dias, se tudo correr bem, a pessoa melhora. Ler Mais...

Obstrução nasal

O entupimento nasal é uma situação muito comum, cada vez mais frequente, mas que continua a causar muita ansiedade aos pais, sobretudo quando causa mau dormir, ressonar, e até apneias de sono. O nariz funciona nos seres humanos como «filtro» de tudo o que nos entra juntamente com o ar: poeiras, micróbios, fumos, poluição ou substâncias alergéneas. Para evitar que essas partículas indesejáveis entrem nos brônquios e pulmões, o nariz «apanha-as» e o resultado é a produção de muco e de secreções (vulgarmente chamado ranho). É por isso que as crianças andam com o nariz entupido, algumas desde muito novas, quase logo desde nascer. E essa obstrução rapidamente se traduz também por tosse, otites e outras situações. Pelo que foi dito, depreende-se ser fundamental manter o nariz das crianças bem permeável. Além disso, o nariz tem um sistema de aquecimento e de humidificação natural, dado que é formado por ossos muito irrigados de sangue. A utilização do soro fisiológico ou dos preparados nebulizadores feitos com água do mar (de que já há diversos no mercado) é uma boa solução, embora estes últimos não devam propulsionar em jato, pois pode causar empurramento das secreções nasais para o ouvido. Para além disso, existem outros medicamentos (denominados vasoconstritores nasais, e que deverão ser receitados pelo médico), que diminuem as secreções. Não devem contudo ser utilizados mais do que três, quatro dias no máximo, porque passado este prazo começam eles próprios a atuar ao contrário e a produzir mais secreções. Ler Mais...

O «problema do ar»

Os bebés engolem ar. É um dado adquirido, esta denominada «aerofagia fisiológica», ou seja, o facto de os bebés engolirem ar espontaneamente. Quando chucham ou simplesmente abrem a boca, «comem» ar, dado que ainda não têm bem regulados os mecanismos de concentração da respiração e da deglutição. Por outro lado, se tiverem o nariz tapado na altura em queo mamar engolirão muito mais ar, pela mesma razão e pelo facto de terem a boca e o nariz «tapados» ao mesmo tempo. Daí a importância de se colocar soro fisiológico nas narinas do bebé alguns minutos antes da mamada, desde a maternidade. Se o tempo estiver particularmente seco, como acontece no Verão ou quando se usam aquecedores que secam o ambiente, este problema agrava-se ainda mais. Também é preciso saber que o nariz dos bebés recém-nascidos está quase sempre entupido, e isto acontece porque a nossa programação genética faz com que estejamos preparados para um ambiente que nada tem a ver com o atual, em termos de temperaturas, humidades e poluição. Assim, o nariz «de há dez mil anos» do bebé pequeno tem que ter um período de adaptação, durante o qual reage da maneira que sabe: produzindo secreções e inflamando-se, o que, num narizmuito estreito, ainda vai provocar mais obstrução. O ar, uma vez engolido, vai dilatar o intestino e provocar dor, além de «empurrar» o diafragma e originar soluços. Ler Mais...

Um bebé nascido por cesariana é diferente de um bebé nascido de parto vaginal?

O estado de um bebé depois de uma cesariana depende muito da razão da operação. Se a cesariana foi efetuada numa situação de emergência devido a estar em causa o bem-estar do bebé, haverá diferenças entre este bebé e um nascido por uma cesariana planeada ou parto vaginal. Por exemplo, se o bebé estiver em sofrimento, a cor da pele, os níveis de atividade e a respiração podem todos ser afetados. Cada bebé é assistido, inicialmente, pela parteira e/ou um pediatra e é-lhe atribuído um valor numa escala de 10, o índice de Apgar. Este tem em conta a cor do bebé, os batimentos cardíacos, a resposta a estímulos, a respiração do bebé e a tonicidade muscular, e, um pouco mais tarde, a parteira fará um exame detalhado para verificar a pele do bebé, as fontanelas, os ouvidos, os olhos, a boca, o nariz, o corpo, os órgãos genitais, a espinha, o ânus, o coração e a respiração. Um bebé nascido de cesariana planeada terá uma bela cabeça arredondada, pois não foi empurrado pelo canal de parto e deverá ter uma boa pontuação de Apgar. Contudo, um bebé queo desceu pelo canal de parto tem menos probabilidades de limpar os seus canais respiratórios e pode engolir líquido amniótico. Isso pode significar que o bebé ficará com mucos durante alguns dias, o que pode interferir com a alimentação. Um bebé nascido vaginalmente e queo esteve em risco durante o trabalho de parto e o parto pode ter a cabeça um pouco deformada, pois a cabeça molda-se para poder passar através do canal de parto, embora isso se resolva rapidamente. O índice de Apgar de um bebé de parto vaginal dependerá do stress que o bebé sofreu durante o parto. Estando tudo bem, ambos os bebés adaptar-se-ão bem, e estarão em condições similares no prazo de 24 horas. Ler Mais...
Bebe com 48 dias muito fugueira nariz o que usar resposta | Para Pais.