Resultados para: "assistir parto normal de frente"

Você está a ver bebé , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa assistir parto normal de frente. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso.

Muitos homens ficam muito ansiosos por estarem com as companheiras durante o trabalho de parto e parto. Isso muitas vezes deve-se ao facto de estarem a assistir à experiência das companheiras, uma das coisas mais intensas que uma mulher pode viver, e podem sentir-se inseguros sem saber como ajudar. Provavelmente a melhor forma de ultrapassar os seus receios é falar com a sua companheira sobre a forma como se sente e tentar discutir as formas em que pode ser útil. Com certeza que irá descobrir que há muitas formas de a apoiar, como saber os seus desejos e falar por ela se ela estiver incapaz de o fazer devido às dores, repetir o que as parteiras ou o médico disserem se ela não tiver ouvido ou dar seguimento à informação, dar-lhe de beber, esfregar-lhe as costas, passar-lhe uma toalha pela cara, pôr ou tirar música, e, no geral, encorajá-la e tranquilizá-la. Assistir às aulas de parto juntos pode ser muito útil. Poderá aprender mais sobre o desenrolar do trabalho de parto e do parto, e poderá aprender a saber apoiar a sua companheira tanto física como emocionalmente. Algumas aulas ensinam aos acompanhantes de parto técnicas de massagens que podem ser uma forma eficaz de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Também lhe será mostrado como poderá apoiar a sua companheira em certas posições de parto. A parteira da sua companheira poderá informá-lo sobre aulas disponíveis na sua área. Ler Mais...

Vou fazer o parto em casa. E se a parteira não aparecer?

As providências para contactar a parteira se fizer o parto em casa variam dependendo do local onde vive; no entanto, certas coisas serão iguais onde quer que esteja. Logo que esteja com 37 semanas de gravidez, as parteiras estarão ''de serviço'' para o seu parto. A parteira falará consigo sobre o procedimento a tomar para contactar a parteira de serviço, que poderá ser diretamente por telemóvel ou bip, ou indiretamente através do bloco de partos da sua unidade hospitalar local. Se entrar em trabalho de parto antes das 37 semanas, pedir-lhe-ão para ir ao hospital pois isso é considerado parto pré-termo. Logo que comece a sentir contrações fortes e regulares, contacte a sua parteira da forma que lhe indicaram. Se o seu trabalho de parto começar de dia, as parteiras estarão de serviço na sua zona; se for ao fim da tarde ou à noite, pode levar-lhes um pouco mais de tempo a chegar, portanto lembre-se disto. Lembre-se também de fatores como o trânsito nas ruas durante as horas de ponta, que podem tornar aconselhável avisar a parteira das suas contrações um pouco cedo de mais do que demasiado tarde! A maior parte dos partos em casa costumam ter duas parteiras a assistir ao parto; em alguma zonas, ambas as parteiras estarão presentes durante todo o trabalho de parto e parto, enquanto que noutras a segunda parteira será chamada pela primeira quando se aproximar a altura do parto, para que estejam duas parteiras a assistir ao parto. No pior dos casos, se o seu trabalho de parto progredir rapidamente e a parteira ainda não tiver chegado, chame uma ambulância, ou os bombeiros para o levarem ao hospital. Por favor tenha em conta de que é muito perigoso fazer um parto em casa sem a presença da parteira, mas lembre-se também de que os bebés que chegam mais rapidamente, em geral fazem isso sem grandes complicações. Ler Mais...

Quais os sinais de que é demasiado tarde para ir para o hospital?

De uma forma geral, se estiver a ter uma vontade incontrolável de fazer força, então esse é o ponto em que pode ser demasiado tarde para chegar ao hospital antes do parto. Se se achar nessa situação infeliz, contacte os bombeiros ou o hospital, que enviarão assistência para si e para o seu bebé. Em algumas zonas, pedirão a uma parteira de serviço para assistir ao parto. Ou você mesma pode contactar um serviço de emergência de ambulâncias. Ler Mais...

Criar laços com o pai

Muitos homens sentem-se postos de lado durante a gravidez pois todas as atenções estão voltadas para a mulher. Aqui tem algumas formas de envolver o seu companheiro. * Encoraje-o a assistir a algumas consultas pré-natais, onde ele poderá fazer perguntas e ouvir o coração do bebé. * Frequentem juntos aulas de preparação para o parto. * Leiam juntos sobre o nascimento e os cuidados do bebé e troquem opiniões. * Façam um plano de parto. * Façam preparativos para como decorar o quarto do bebé e escolher mobiliário. Ler Mais...

Irei ter a minha própria parteira?

As parteiras sabem que é importante para as mulheres desenvolverem um bom relacionamento com elas a fim de se sentirem apoiadas e capazes de fazer perguntas, e a continuidade de cuidados é assegurada, se possível. Contudo, o número de parteiras que irá conhecer durante a gravidez, trabalho de parto, parto e período pós-natal, depende da forma como os serviços estão organizados na sua área. Em geral, a parteira ligada ao seu centro de saúde oferece a maior parte dos cuidados. Dependendo da sua situação e da prática comum da sua área também pode conhecer outras parteiras se algumas das suas consultas forem no hospital. Quando começa o trabalho de parto, em geral é assistida por parteiras do hospital que pode nunca ter conhecido. Em alguns locais, as parteiras da comunidade cuidam das mulheres no hospital. Se este for o caso, poderá já estar familiarizada com a parteira que a irá assistir no trabalho de parto. As parteiras trabalham por turnos nos serviços de obstetrícia portanto é possível que se encontre com mais de uma parteira durante o seu trabalho de parto e parto. Os seus cuidados pós-natais em geral são feitos por parteiras da comunidade. Isso pode incluir a parteira que conheceu nas consultas pré-natais. Ler Mais...

Poderei fazer um vídeo ou fotografar o parto. Preciso de tratar isso com antecedência?

Alguns hospitais permitem que você filme ou fotografe o nascimento do seu bebé, se for o que ambos desejam. Contudo, antes de fazer isso, deverá informar-se sobre se as parteiras ou os médicos que estiverem a assistir ao parto não põem objeções, pois alguns profissionais não gostam de ser filmados por razões legais. Enquanto que alguns casais valorizam muito ter um registo visual de um dos momentos mais especiais das suas vidas, outros casais preferem começar a filmar e a fotografar o seu bebé depois do parto. É importante ter em conta o impacto que poderá ter na sua companheira ser filmada e fotografada num momento tão íntimo e vulnerável, e ela nunca deverá sentir-se forçada a ser filmada. Também será bom pensar se filmar o acontecimento não irá afetar a sua participação no parto. Se estiver concentrado em filmar ou fotografar, não estará tão envolvido no parto como poderia e poderá não dar à sua companheira todo o apoio de que ela necessite. Quando planear como registar o parto do seu bebé, tenha em mente que deve esclarecer o assunto com a sua companheira antes do trabalho de parto, e com a parteira e o médico depois de o trabalho de parto ter começado. Isto é importante para se assegurar de que os desejos de todos serão respeitados, neste assunto. Ler Mais...
Assistir parto normal de frente | Para Pais.