Resultados para: "assistir a partos de mulheresti"

Você está a ver grávida , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa assistir a partos de mulheresti. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Blocos de partos hospitalares – Cuidados dirigidos por parteiras

São blocos de partos dirigidos por parteiras sem equipamento de alta tecnologia, sem intervenção de pessoal médico, ou utilização de epidurais. Ao contrário dos centros de partos "autónomos" que podem estar a alguma distância de uma unidade hospitalar com equipamento de emergência, os blocos de partos hospitalares estão situados na zona de partos do hospital, ou perto, mas há muito pouca intervenção médica e os médicos não estão na unidade. Ler Mais...

Vou fazer o parto em casa. E se a parteira não aparecer?

As providências para contactar a parteira se fizer o parto em casa variam dependendo do local onde vive; no entanto, certas coisas serão iguais onde quer que esteja. Logo que esteja com 37 semanas de gravidez, as parteiras estarão ''de serviço'' para o seu parto. A parteira falará consigo sobre o procedimento a tomar para contactar a parteira de serviço, que poderá ser diretamente por telemóvel ou bip, ou indiretamente através do bloco de partos da sua unidade hospitalar local. Se entrar em trabalho de parto antes das 37 semanas, pedir-lhe-ão para ir ao hospital pois isso é considerado parto pré-termo. Logo que comece a sentir contrações fortes e regulares, contacte a sua parteira da forma que lhe indicaram. Se o seu trabalho de parto começar de dia, as parteiras estarão de serviço na sua zona; se for ao fim da tarde ou à noite, pode levar-lhes um pouco mais de tempo a chegar, portanto lembre-se disto. Lembre-se também de fatores como o trânsito nas ruas durante as horas de ponta, que podem tornar aconselhável avisar a parteira das suas contrações um pouco cedo de mais do que demasiado tarde! A maior parte dos partos em casa costumam ter duas parteiras a assistir ao parto; em alguma zonas, ambas as parteiras estarão presentes durante todo o trabalho de parto e parto, enquanto que noutras a segunda parteira será chamada pela primeira quando se aproximar a altura do parto, para que estejam duas parteiras a assistir ao parto. No pior dos casos, se o seu trabalho de parto progredir rapidamente e a parteira ainda não tiver chegado, chame uma ambulância, ou os bombeiros para o levarem ao hospital. Por favor tenha em conta de que é muito perigoso fazer um parto em casa sem a presença da parteira, mas lembre-se também de que os bebés que chegam mais rapidamente, em geral fazem isso sem grandes complicações. Ler Mais...

Ouvi falar de hospitais com pouco pessoal e de mulheres que não conseguem uma cama. É verdade?

Há problemas com falta de parteiras e de camas. Alguns hospitais empregam agora pessoal auxiliar e trabalhadores de apoio materno para apoiar as parteiras. Infelizmente, há alturas em que os blocos de partos estão cheios. Se não houver camas disponíveis, o pessoal descobrirá uma cama para si em qualquer outro hospital. Muitos hospitais têm unidades "irmãs" para as quais a poderão transferir. A maior parte dos blocos de partos não está cheia durante muito tempo e fará com que a transfiram de volta o mais cedo possível. Ler Mais...

O meu companheiro pode acompanhar-me às ecografias?

Não há razão para o seu companheiro ser excluído de assistir a essas consultas se você quiser que ele esteja lá e sem dúvida, é muito comum os companheiros assistirem às ecografias. Para muitos casais, a ecografia é um momento especial pois é a primeira que vez que vão ver o seu bebé e começam a pensar neles mesmos como pais. Ler Mais...

E seguro ter o bebé em casa?

Pesquisas mostram que para as mulheres saudáveis que tenham tido uma gravidez normal, um parto em casa, planeado e assistido por uma auxiliar com experiência, é tão seguro como dar à luz no hospital. Nas maternidades a assistência às grávidas será mais personalizada do que num hospital público. No entanto em caso de parto de risco, tanto para a mãe como os filhos, o hospital poderá ter acesso mais rápido aos cuidados intensivos. Estatisticamente, as mulheres que têm os partos em casa têm menos probabilidades de usar drogas para aliviar a dor e menos probabilidades de sofrer uma episiotomia, mesmo que tenham que ser transferidas para o hospital durante o trabalho de parto. Também costumam utilizar posições mais confortáveis como estar de pé para dar à luz em comparação com os partos nos hospitais. Ler Mais...

É possível fazer o parto na água no hospital?

Isso depende do bloco de partos do hospital. Alguns blocos têm a sua própria piscina de parto; outros têm instalações que lhe permitem alugar uma piscina e levá-la consigo; alguns blocos só têm espaço suficiente para fazer o trabalho de parto numa única piscina e outros não têm instalações para que possa levar uma pois a quantidade de água da piscina seria demasiado peso para o chão aguentar. Se o seu bloco de partos tiver uma piscina de parto, é possível que a piscina esteja a ser usada quando você entrar em trabalho de parto. Para aumentar as suas probabilidades de poder utilizar uma piscina, pode querer considerar um parto em casa e alugar uma. Ler Mais...
Assistir a partos de mulheresti | Para Pais.