Resultados para: "apreder a dilatar o anus"

Você está a ver grávida , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa apreder a dilatar o anus. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, colo do utero dilatado fotos, cesariana inflamada, pontos parto normal coçando.

Dilatação

Nas fases iniciais do trabalho de parto, o colo do útero começa a amaciar, e depois começa a dilatar para que o bebé possa passar através dele e sair pela vagina. A cabeça do bebé não pode passar pelo colo do útero até ele estar completamente dilatado. O tempo que isso demora varia: algumas mulheres já têm alguns centímetros de dilatação no início do trabalho de parto, enquanto outras levam várias horas a atingir essa fase. ong>2 CM de dilatação:ong> Na primeira fase, o colo do útero começa a amaciar e a abrir gradualmente. ong>6 CM DE DILATAÇÃO:ong> O colo do útero está a cerca de metade da dilatação e agora as contrações são mais fortes. ong>10 CM DE DILATAÇÃO:ong> O colo do útero alargou o suficiente para o útero poder empurrar o bebé para fora. Ler Mais...

Os órgãos genitais e as costas

A observação dos genitais da criaa é um passo obrigatório. Nos rapazes, há que ver se os testículos já se encontram nas bolsas, o que pode vir a acontecer apenas aao final do primeiro ano de vida, sem que isso represente doença. A pilinha está geralmente apertada, nos recém-nascidos, e esta fimose fisiológica deve ser vigiada mas não se deve manipular com foa, nem puxar para lá do que se sente como resistência, porque pode criar fissuras e ainda apertar mais. Algumas criaas têm uma má colocação da saída da uretra, diagnosticada no primeiro exame, e que se chama hipospadia ou epispádia, conforme a localização do «buraquinho». Do mesmo modo, é frequente haver acumulação de líquido nas bolsas escrotais, sem qualquer problema para o bebé, no que se designa por hidrocele - apagando a luz exterior e pondo um foco de luz no escroto vê-se bem o líquido, que fica iluminado de cor-de-laranja, como um «bao». <a href="http://parapais.com/wp-content/uploads/2014/03/zxcxvzxzc.jpg">ass="alignnone wp-image-140" alt="zxcxvzxzc" src="http://parapais.com/wp-content/uploads/2014/03/zxcxvzxzc-300x114.jpg" width="346" height="131" />a> Nas raparigas, há que ver se os órgãos genitais são normais - os pequenos lábios podem estar, frequentemente, colados. Em alguns bebés do sexo feminino pode haver uma pequena saída de muco ou de sangue vaginal, que não representa doença, mas sim um efeito das hormonas maternas que estão em circulação. O exame do ânus pode mostrar fístulas (que por vezes sangram). As costas têm que ser sempre bem examinadas, para ver a coluna e eventuais defeitos, a existência possível de fossetas ou fístulas na região sagrada (um pouco acima do ânus), pesquisar alguns reflexos, etc. Devem observar-se igualmente os braços e as pernas para ver a existência de deformidades, incluindo nas mãos e pés (número de dedos, posicionamento e alinhamento, unhas, pregas palmares). A pesquisa dos reflexos plantares é também útil. Ler Mais...

Estou em tentativa de trabalho de parto – durante quanto tempo poderei ficar em trabalho de parto?

Uma tentativa de trabalho de parto é uma coisa que é feita se, por exemplo, uma mulher tiver tido problemas na gravidez ou tiver tido uma cesariana anteriormente. Isso permite à mulher estar em trabalho de parto tempo suficiente para determinar se poderá ser possível um parto vaginal. Poderá ser difícil dizer quanto tempo lhe permitirão estar em trabalho de parto pois o tempo depende do progresso do seu trabalho de parto e da opinião do pessoal médico que estiver a tratar de si. O seu trabalho de parto será cuidadosamente monitorizado com a sua parteira a avaliar o seu progresso com regularidade para verificar se o colo do útero está a dilatar como esperado e se o bebé está a descer pela pélvis. Podem-lhe fazer uma monitorização contínua aos batimentos cardíacos do bebé e terá assistência médica por perto no caso de precisar de uma cesariana. Ler Mais...

Como é que o hospital verifica o meu progresso?

Uma parteira experiente pode dizer muito sobre o seu trabalho de parto simplesmente olhando para si e observando o seu comportamento. Por exemplo, uma mulher que conversa alegremente entre cada contração, o mais certo é aindao estar em trabalho de parto bem confirmado. Uma mulher que está em trabalho de parto confirmado e começa a ficar irrequieta e com náuseas pode estar na fase de transição, aproximando-se da segunda fase do trabalho de parto. Outra forma pela qual a sua parteira avaliao seu progresso é apalpando a sua barriga para verificar a foa das contrações e sentindo também a posição da cabeça do bebé na sua pélvis. Um exame interno também revela muito sobre o progresso do seu trabalho de parto. Ao colocar dois dedos dentro da vagina, a parteira ou o médico podem sentir quanto o colo do útero está a dilatar, e se a cabeça do bebé está a descer e em que posição se encontra. Ler Mais...

Apareceram-me manchas escuras na cara. O que pode ser?

As manchas escuras na cara chamam-se cloasma ou “pano” e afectam cerca de metade das mulheres grávidas. Quase todas as mulheres grávidas notam alguma alteração na cor da pele, podendo em geral escurecer a partir das 12 semanas. Isso é devido a um aumento das hormonas que estimulam a pigmentação da pele, afectando mais as mulheres de pele mais escura. Este escurecimento pode ser mais aparente em certas zonas, como os mamilos, o períneo (a pele entre a vagina e o ânus), e o umbigo ou áreas sujeitas a fricção como o interior das coxas e as axilas. Pode reduzir ou prevenir as manchas escuras na cara minimizando a sua exposição ao sol e utilizando protectores solares de factor elevado. Ler Mais...
Apreder a dilatar o anus | Para Pais.