Resistências



A chamada resistência aos antibióticos é das bactérias e não dos seres humanos, como algumas pessoas às vezes referem. De facto, ao serem atacadas, as bactérias defendem-se de várias maneiras: umas inactivam os antibióticos, outras modificam-se para que a acção do antibiótico não se faca mais sentir. Estas formas de resistência são transmitidas geneticamente de geração de bactérias para geração de bactérias, e inclusivamente podem ser transmitidas para as bactérias vizinhas. O caso da tuberculose, por exemplo, é bem actual e preocupante, porque o bacilo tuberculoso está a adquirir uma cada vez maior resistência aos antibióticos – este facto é um dos responsáveis pelo aumento da tuberculose que se faz sentir em todo o mundo. Algumas bactérias começam mesmo a ser resistentes a praticamente todos os antibióticos.

Comentários

Resistências | Para Pais.