«Ranhos» de várias cores…



Quando o «ranho» é amarelado ou esverdeado, poderá ser necessária a aplicação de um produto local ou até a administração de um antibiótico por via oral (sobretudo se há febre alta durante mais de três dias, mas isso deverá ficar ao critério do médico assistente).

Quanto aos xaropes genericamente chamados «para a tosse», existem alguns para este tipo de secreções «altas», cujo mecanismo de ação é diferente dos xaropes para as situações «baixas» (brônquios, pulmões) é sempre pois melhor ouvir a opinião e seguir as indicações do médico e não usar o primeiro que se tem à mão ou o que foi receitado noutra situação, a menos que seja exactamente igual.

A água (e a atmosfera húmida) é, como se disse acima, o melhor dos «xaropes».

Muitas vezes basta fazer umas sessões de atmosfera húmida, caseira, três a quatro vezes ao dia, para melhorar muito a obstrução. Alguns preparados cheirosos que levam eucalipto, cânfora e outras essências aliviam a obstrução quase miraculosamente, mas podem também sensibilizar a criança para futuras alergias, pelo que não devem ser utilizados por rotina.

Se a situação permanece e não melhora com as medidas referidas acima, então é melhor consultar o médico. Poderá ser necessário fazer uma análise bacteriológica às secreções para descobrir se por lá anda algum micróbio mais agressivo e, em caso positivo, a que antibióticos ele é sensível ou resistente.

Comentários

«Ranhos» de várias cores… | Para Pais.