Quando se dorme mal



Dormir mal, em quantidade ou qualidade, transtorna a família toda. Não dormem as crianças e não dormem os pais. mas a recuperação para estes é pior porque não podem, como os filhos, aproveitar os minutos passados no carro ou na creche, não têm sestas nem intervalos para fechar os olhos e repousar.

Se conseguirem arranjar alguém que fique um fim-de-semana com o vosso filho, nestas alturas de crise, há que ter alguns cuidados, para atingirem o objectivo que é dormirem e estarem os dois bem-dispostos, além de incentivarem a vossa relação.

É recomendável que tenham total confiança na pessoa que fica com o filho, de modo a não
estarem constantemente a pensar o que é que lhe está a acontecer e o que está a fazer.

A ideia é «esquecê-lo» durante esse tempo. Por outro lado. não deve haver lugar para culpabilizações, estilo «estamos nós aqui a descansar e ele com os avós». Não só é injustificado como, para ser assim, mais vale esquecerem a ideia.

Finalmente, o ideal é ficarem na vossa casa. Ir para outro lado, como um hotel ou turismo de habitação, é não deixar que o «vosso animal» descanse, dado que num ambiente estranho estarão sempre com níveis de alerta elevados. Fiquem em casa, mas sem estar permanentemente a olhar
para o quarto do filho…

Comentários

Quando se dorme mal | Para Pais.