Posso eu mesma verificar a minha dilatação ou pedir ao meu marido para o fazer?



Há uma corrente de pensamento que acredita que o exame vaginal do colo do útero não deve ser feito por rotina por ninguém, durante o progredir de um trabalho de parto normal, e isso inclui-a a si e ao seu companheiro. Há várias razões para isso. Uma é que algumas mulheres acham esse processo muito desconfortável e obtém-se muito pouca informação além da de que o trabalho de parto está em progresso. Outra razão é que introduz o risco de infeção. Se estiver a ter contrações fortes e regulares, o colo do útero começará a dilatar e qualquer exame deverá ser feito por uma parteira treinada ou um obstetra “esterilizados”, para limitar o risco de infeção. Há também a possibilidade de quem estiver a fazer o exame poder rebentar a bolsa de águas que envolvem o bebé antes de esta romper naturalmente.

Assim, embora possa ser possível sentir o seu próprio colo do útero dependendo da fase de trabalho de parto em que se encontra, isso em geral não é recomendado.

Comentários

Posso eu mesma verificar a minha dilatação ou pedir ao meu marido para o fazer? | Para Pais.