Porque é que alguns recém-nascidos têm icterícia?



Mais de metade dos recém-nascidos sofrem de icterícia. Em geral não é visível até 2-3 dias depois do parto e desaparece pelos 14 dias. Os níveis elevados de hemoglobina (a parte do sangue que carrega o oxigénio) antes do parto são a causa mais comum. Logo que os bebés nascem e respiram por eles, o seu valor de hemoglobina não precisa de ser tão alto; estas células de sangue morrem e são processadas como secreções pelo fígado. Nos bebés pequenos, o fígado é imaturo e leva algum tempo a lidar com essa carga de trabalho. O resultado é que em vez de essas secreções, conhecidas por bilirrubina, serem passadas para a urina e libertadas, ficam no corpo durante um tempo e dão à pele essa cor amarelo-alaranjada. Num bebé de termo saudável que esteja bem, a icterícia desaparecerá sem qualquer tratamento. Por vezes, se tiver havido pisaduras, o bebé for lento a alimentar-se ou for prematuro, os níveis de bilirrubina continuarão a aumentar e nesse caso será necessária a fototerapia (um tratamento leve de ultravioletas) para reduzir os níveis de bilirrubina no bebé.

Qualquer icterícia que ocorra 24 horas após o parto e qualquer uma que continue passados 14 dias, serão investigadas para controlar e tratar qualquer problema médico.

Comentários

Porque é que alguns recém-nascidos têm icterícia? | Para Pais.