Picadas de mosquitos e melgas, abelhas e vespas



As crianças são «tenrinhas» e mais «docinhas», e por isso são o alvo privilegiado dos mosquitos e meigas. Na maioria dos casos, a picada de insetos desaparece no dia seguinte, dando apenas desconforto, dor e comichão, podendo surgir lesões de coceira e infeção.

Há crianças que sofrem porque ficam transformadas em autênticos passadores, e se a picada é feita na pálpebra ou no lobo da orelha, o inchaço é enorme.

Em alguns casos pode ocorrer uma reação alérgica que pode ter de ser medicada no serviço de urgência. Os sinais de alarme são:

  • inchaço da cara ou da boca e lábios;
  • dificuldade em falar;
  • dificuldade em engolir;
  • dificuldade em respirar;
  • tonturas ou desmaio;
  • dores abdominais, náuseas e vómitos.

Há vários produtos no mercado para o «antes» (sprays, aparelhos de ligar à eletricidade, etc.) e para o «depois» (cremes, pomadas). Tenham-nos convosco e preocupem-se em não deixar a janela aberta enquanto tem as luzes acesas, nem as tenham acesas no exterior da casa, junto às portas e janelas. É um autêntico convite para os insetos.

Os restos de comida, ao ar livre, atraem abelhas e vespas. Por vezes, no Verão, depois de um almoço na praia ou na relva, ficam migalhas (ou pequenas poças de água) e a criança pode pisar estes insetos, picando-se.

O mesmo nas piscinas, junto à borda, onde há salpicos de água. Os perfumes, as camisolas com desenhos de flores e as bebidas doces em lata, bebidas por palhinha, também atraem as abelhas e vespas.

No caso de picada de inseto deve:

  • levar-se a criança para outro lado;
  • se tiver sido picada por uma abelha, vespa ou zangão e o ferrão ainda for visível, convém removê-lo raspando a pele, com suavidade, com a unha ou o bordo de um cartão de crédito;
  • espremer-se, sem demasiada força, para não lesar os tecidos;
  • lavar com água e sabão;
  • aplicar gelo;
  • se a dor for forte, dar um analgésico;
  • se há comichão, aplicar uma pomada para a reduzir.

Os casos que necessitam de ser observados, embora não num contexto de urgência, são aqueles em que surge grande inflamação, infeção ou dor prolongada.

Comentários

Picadas de mosquitos e melgas, abelhas e vespas | Para Pais.