Os gémeos são sempre prematuros?



Não é verdade que os gémeos nasçam «todos» prematuros. A bem dizer, apenas um terço o faz. Isto, se atendermos à definição de «prematuro» – menos de 37 semanas de gestação. Claro que poderemos dizer que, provavelmente, quase todos os gémeos nascem antes do final do termo, ou seja antes das 40 semanas.

Isso sim. Mas não prematuros. E esta questão de prematuridade ou não prende-se, sobretudo, com o problema da maturação pulmonar e do peso, porque são duas vertentes que podem afetar o bem-estar do bebé.

Ern Portugal, a percentagem de partos prematuros (menos de 37 semanas) é, nos partos múltiplos, o triplo da dos partos simples, (33% versus 11%, respectivamente).

Embora representando uma quantidade muito pequena de partos, cada melhoria nos graus de sobrevivência tem um impacto muito grande na percentagem de nados-vivos gemelares, muito superior ao impacto que poderá ter nos partos simples, dada a sua grande quantidade.

A gemelaridade e as gravidezes múltiplas são fenómenos cada vez mais frequentes, embora velhos como o mundo.

Muito se diz, muito se conta sobre os gémeos sobre a sua maneira de ser, sobre a gestação, sobre as ligações que existem entre ambos, incompreensíveis para os outros mortais. Algumas coisas têm uma certa veracidade científica, outras não passam de tradições ou histórias inventadas para combater o medo e o desconhecimento.

Claro está que os gémeos põem problemas práticos vários aos pais: organização da casa, carros que dêem para as cadeirinhas de transporte, sobretudo quando existe mais um bebé pequeno, despesas acrescidas no supermercado, na farmácia, no médico e em todo o lado…, sem as correspondentes políticas de apoio, que deveriam, quanto a mim, ser desenvolvidas para estes casos e, também para as famílias numerosas (descontos no IRS, supressão de IVA em certos produtos, entre outros). Os serviços de saúde e de segurança social deveriam, igualmente, ter programas domiciliários de apoio específicos para os casais que necessitassem, quando têm gémeos…

Comentários

Os gémeos são sempre prematuros? | Para Pais.