Os dentes



O que haverá de comum entre Júlio César, Aníbal, Luís XIV, o cardeal Mazarino e o cardeal Richelieu, Mirabeau ou Napoleão? Nasceram com um dente.
Cerca de uma em cada duas mil crianças nasce com dentes – o que dá cerca de 50 a 100 em Portugal, por ano. Há uma tendência familiar para nascer com dentes – cerca de metade das crianças a quem isto acontece já tinham casos semelhantes na família. Poderá haver casos, portanto, em que existe uma transmissão hereditária, de tipo «autossómico dominante» (probabilidade de acontecer de 50%, no caso de um dos pais ter).

Quase todos os dentes que surgem ao nascer são dentes «de leite», e acabam por cair em alguns dias ou semanas, dado que não têm raízes estáveis. Alguns, contudo, podem persistir. Embora exista o receio de que o dente possa cair e o bebé asfixiar-se, o que é verdade é que nunca se registou tal evento, pelo que não há necessidade de remover o dente.

Comentários

Os dentes | Para Pais.