Obstrução nasal



O entupimento nasal é uma situação muito comum, cada vez mais frequente, mas que continua a causar muita ansiedade aos pais, sobretudo quando causa mau dormir, ressonar, e até apneias de sono. O nariz funciona nos seres humanos como «filtro» de tudo o que nos entra juntamente com o ar: poeiras, micróbios, fumos, poluição ou substâncias alergéneas. Para evitar que essas partículas indesejáveis entrem nos brônquios e pulmões, o nariz «apanha-as» e o resultado é a produção de muco e de secreções (vulgarmente chamado ranho).

É por isso que as crianças andam com o nariz entupido, algumas desde muito novas, quase logo desde nascer. E essa obstrução rapidamente se traduz também por tosse, otites e outras situações. Pelo que foi dito, depreende-se ser fundamental manter o nariz das crianças bem permeável. Além disso, o nariz tem um sistema de aquecimento e de humidificação natural, dado que é formado por ossos muito irrigados de sangue.

A utilização do soro fisiológico ou dos preparados nebulizadores feitos com água do mar (de que já há diversos no mercado) é uma boa solução, embora estes últimos não devam propulsionar em jato, pois pode causar empurramento das secreções nasais para o ouvido.

Para além disso, existem outros medicamentos (denominados vasoconstritores nasais, e que deverão ser receitados pelo médico), que diminuem as secreções. Não devem contudo ser utilizados mais do que três, quatro dias no máximo, porque passado este prazo começam eles próprios a atuar ao contrário e a produzir mais secreções.

Comentários

Obstrução nasal | Para Pais.