O que é uma episiotomia e porque deve ser feita?



Uma episiotomia é um corte ao longo do músculo entre a vagina e o ânus, conhecido por períneo, para alargar a zona por onde o bebé será expulso (ver acima). Isso só é feito quando absolutamente necessário e não será efetuado sem o seu consentimento. Há várias razões para uma episiotomia ser recomendada: se o bebé estiver em sofrimento, para apressar o sair da cabeça, em casos de partos com fórceps ou ventosas, se a cabeça do bebé for demasiado grande para passar na vagina, se o períneo não alongou o suficiente até ao fim da segunda fase do trabalho de parto para permitir uma passagem suave da cabeça do bebé através da vagina, se houver complicações, num parto vaginal, de um bebé em posição pélvica, ou se a mãe estiver com dificuldade em controlar as contrações enquanto a cabeça do bebé está a surgir, o que significa que irá rasgar bastante durante o parto.

Em geral, é primeiro injetada no músculo uma anestesia local e o processo é efetuado durante a fase mais forte de uma contração, pois isso distrai-a do que está a ser feito e ajuda a um parto mais rápido.

Comentários

O que é uma episiotomia e porque deve ser feita? | Para Pais.