O que é a manobra de Ortolani-Barlow?



Depois de observar visualmente as ancas, a primeira manobra que o médico faz para detectar uma eventual doença luxante chama-se «manobra de Ortolani-Barlow». Marino Ortolani foi o pediatra italiano que, no princípio do século xx, perante todos os casos de jovens que lhe apareciam a coxear de uma só perna sem outras razões, pensou no que seria esta doença e se não haveria forma de a detetar antes que fosse tarde. Barlow, um cirurgião pediatra, introduziu algumas modificações na manobra inicial.

A manobra de Ortolani é feita logo ao nascer, e repetida em cada consulta, sendo especialmente importante até aos dois meses. É aquele exercício que o médico faz, pegando nas coxas do bebé, abrindo-as e rodando-as. Os bebés, normalmente, choram subitamente, dando aos pais a impressão de que o médico fez qualquer coisa de errado. Mas não. O choro é um choro reflexo e não corresponde a nenhum tipo de dor. O que se pretende com esta manobra é girar o osso (cabeça do fémur) para ver se ele sai e entra de novo no lugar; se assim for, o médico sente uma espécie de ressalto, um «clunk».

Embora esta manobra possa ser efetuada por qualquer profissional, desde que competente, experiente e motivado, há que ter algum cuidado porque, nos bebés, a articulação da anca é especialmente frágil e vulnerável. Puxar mal pode causar lesões vasculares mínimas, mas que depois se poderão, no futuro, vir a traduzir por situações de doença. Aliás, os bebés defendem-se da extensão, adoptando a posição de «rã» quando estão no berço.

Comentários

O que é a manobra de Ortolani-Barlow? | Para Pais.