O meu patrão diz que eu não tenho direito a saídas para as consultas pré-natais, isso é verdade?



As trabalhadoras grávidas têm direito a dispensas pagas para as consultas pré-natais marcadas pelo médico pelo tempo e número de vezes necessário e justificado, sempre possível fora do horário de trabalho.
Se a consulta só for possível dentro do horário de trabalho a entidade patronal pode exigir uma declaração do médico.
A trabalhadora grávida deve apresentar um atestado médico passado por um dos profissionais acima mencionados para confirmar que está grávida, juntamente com a prova da consulta.
As consultas pré-natais incluem preparação para o parto, pois são uma parte importante dos seus cuidados.
Se o seu chefe se recusar a permitir-lhe a saída, comece por falar com ele ou ela ou peça conselho ao seu departamento de recursos humanos ou a outro membro da direcção.

Comentários

O meu patrão diz que eu não tenho direito a saídas para as consultas pré-natais, isso é verdade? | Para Pais.