Monitorização fetal



Durante o trabalho de parto no hospital, pode passar algum tempo ligada a um cardiotocógrafo (CTG). Este monitoriza as suas contrações e os batimentos cardíacos do bebé, para verificar se o bebé mostra alguns sinais de perigo durante o trabalho de parto. São colocadas duas faixas à volta da sua cintura. Uma regista os movimentos do seu músculo uterino e a outra mede os batimentos cardíacos do seu bebé. A máquina a que está ligada imprime as duas leituras para que a parteira ou o médico possam ver o seu progresso e o do seu bebé. Se o seu trabalho de parto decorrer sem problemas e as leituras do seu CTG estiverem normais, então podem retirar-lhe as correias e desligá-la da máquina para que fique livre para se movimentar. A sua parteira poderá então querer monitorizá-la a si e ao bebé a intervalos regulares durante o trabalho de parto.

Comentários

Monitorização fetal | Para Pais.