Mães e Pais



Ter filhos: um projecto a dois Um filho é um projeto de duas pessoas que envolve escolhas, decisões e motivações novas no ciclo de vida familiar. Podese pensar que a mãe tem o papel preponderante durante os 9 meses de gestação e nos primeiros meses de vida do bebé. É verdade, mas o pai pode ir mais além do que um mero suporte das necessidades da mulher. Veremos, mais à frente, o papel fundamental que o pai desempenha.

Para já falemos do casal: os pais são mesmo importantes para os filhos. Acho que todos os leitores têm noção disso, mas às vezes vale a pena repetir. Ser pai justifica um trabalho a tempo inteiro. É só para lembrar como os pais de hoje são formidáveis. Do melhor que há!

Os pais têm que ser modelos, exemplos, padrões, linhas orientadoras, demonstrar e complementar a «teoria» com coerência. É a grande responsabilidade de ser pai ou mãe.
Não esquecer que os comportamentos têm que ser exercitados, desenvolvendo capacidades e habilidades. E os pais têm que mostrar sinais de orientação, com a clara noção de que os «modelos» também erram, porque são humanos. Mas com a humildade e o rigor de reconhecer o erro e corrigi-lo. Os filhos que tais pais têm podem considerar-se privilegiados, e terão, na sua vida, uma linha orientadora que constitui um dos maiores fatores protectores para o stresse e para promover comportamentos assertivos e corretos.

Na sociedade portuguesa, até há bem pouco tempo, era esperado de uns e outros, homens e mulheres, o desempenho de papéis marcadamente diferentes.
Simplificando, às mulheres competia genericamente cuidar dos filhos e da casa, e aos homens sair para trabalhar e ganhar dinheiro. Era esperado, das mulheres, que fossem gentis e submissas, enquanto a dureza e a ambição ficava para os homens. Apesar de não ter sido há muitos anos que se deu a viragem, esses tempos já parecem felizmente longínquos e espera-se que nunca mais regressem. Mas também não podemos considerar a tarefa acabada.

Comentários

Mães e Pais | Para Pais.