Irei ter a minha própria parteira?



As parteiras sabem que é importante para as mulheres desenvolverem um bom relacionamento com elas a fim de se sentirem apoiadas e capazes de fazer perguntas, e a continuidade de cuidados é assegurada, se possível.
Contudo, o número de parteiras que irá conhecer durante a gravidez, trabalho de parto, parto e período pós-natal, depende da forma como os serviços estão organizados na sua área.
Em geral, a parteira ligada ao seu centro de saúde oferece a maior parte dos cuidados.
Dependendo da sua situação e da prática comum da sua área também pode conhecer outras parteiras se algumas das suas consultas forem no hospital.
Quando começa o trabalho de parto, em geral é assistida por parteiras do hospital que pode nunca ter conhecido.
Em alguns locais, as parteiras da comunidade cuidam das mulheres no hospital.
Se este for o caso, poderá já estar familiarizada com a parteira que a irá assistir no trabalho de parto.
As parteiras trabalham por turnos nos serviços de obstetrícia portanto é possível que se encontre com mais de uma parteira durante o seu trabalho de parto e parto.
Os seus cuidados pós-natais em geral são feitos por parteiras da comunidade.
Isso pode incluir a parteira que conheceu nas consultas pré-natais.

Comentários

Irei ter a minha própria parteira? | Para Pais.