Ir ao otorrino?



Para fazer o diagnóstico de otite, o médico-assistente seguramente se encontra capacitado. A observação com o otoscópio confirmará, embora nas crianças mais velhas (que já têm sintomas muito específicos) ou face a uma secreção purulenta no canal auditivo, a otite se mostre evidente. É um bom princípio, perante qualquer criança febril, fazer-se uma otoscopia.

Finalmente, uma questão que se coloca frequentemente aos pais, mesmo depois de o episódio ter sido tratado e a criança estar bem: deverão levar o filho ao especialista de otorrino? Na larga maioria dos casos, não há necessidade. As otites fazem parte do crescimento e não são graves, mesmo que incómodas para a criança e para os pais – há que saber distinguir as duas coisas.

No entanto, se se tornarem crónicas ou extremamente repetitivas, ou resistentes ao tratamento, certamente o médico-assistente indicará uma visita ao especialista de otorrino. Nos casos em que a membrana do tímpano está muito abaulada com o pus no interior da caixa do tímpano, mas ainda não rebentou, poderá ter de se fazer um pequeno furinho na membrana para aliviar as dores e drenar esse abcesso.

Finalmente, se existe uma situação condicionante, como os adenoides grandes, o caso poderá ter de ser encarado de outra forma.

Comentários

Ir ao otorrino? | Para Pais.