Indução da Ovulação (IO)



Começa-se por tentar a indução com citrato de clorrifeno (comprimidos).
Se este tratamento não se revelou eficaz recorre se a injecções de hormonas gonadotrofinas para estimular os ovários.
Isto é seguido por inseminação intra-uterina (IIU) em que os espermatozóides são colocados artificialmente dentro do útero por via dum cateter.
É ideal para casais em que o esperma do homem é “lento” ou a mulher tem problemas de ovulação, ou existem ambas as coisas.

Comentários

Indução da Ovulação (IO) | Para Pais.