Fraldas



Poderá parecer estranho voltar a ressuscitar a questão das fraldas de pano, numa altura em que as descartáveis se generalizaram, É raro ver um bebé com fraldas de pano. Mas é bom sabermos, ao escolher fraldas descartáveis, porque o fazemos, quais os prós e os contras e o que está em causa, designadamente para o ambiente e para o bolso dos consumidores… E é possível que, dentro de uns anos, o movimento «propano» volte a estar «em alta».

Antes de 1961 – há, portanto, mais de 40 anos – as opções não eram muitas: só havia fraldas de pano (algodão), as quais, em media, quando adequadamente lavadas, podem ser utilizadas entre 50 a 100 vezes. A introdução de fraldas de utilização únicas, ou descartáveis, veio dar resposta a uma necessidade que resultou da mudança radical dos estilos e do ritmo de vida, revolucionando esta importantíssima área dos cuidados à criança.

As fraldas descartáveis são compostas por uma camada exterior impermeável â água (feita de polietileno) e por uma camada interior, absorvente (feita de polpa de madeira e de um gel, o poliacrilato de sódio).

Durante alguns anos assistiu-se quase pacificamente ao crescimento do número de utilizadores de fraldas descartáveis e a indústria esmerou-se na elaboração de produtos cada vez melhores e mais seguros. Nos últimos anos, contudo, tem subido de tom a discussão entre os defensores e os detratores das (roídas descartáveis. Como em todos os assuntos, começaram a realizar-se estudos e mais estudos sobre os diversos aspetos da questão. Praticamente para cada argumento a favor de um tipo de fraldai há um contra. Se as fraldas descartáveis ferem o ambiente desta ou daquela maneira, também as de pano o fazem numa outra vertente da ecologia. As próprias revistas pediátricas, sobretudo ai americanas, têm-se interessado pelo assunto, ou não sejam as crianças a principais interessadas.

Portanto, é novamente atual a questão: descartáveis ou de pano?… as fraldas, claro, que os filhos, esses, são (ainda) de carne e osso e sempre «reutilizáveis», felizmente…

Comentários

Fraldas | Para Pais.