Posts found under: Doenças

Complicações

As meningites virais, regra geral evoluem bem, sem complicações (desde que a criança seja saudável). As complicações das meningites bacterianas, reduziram-se muito com as melhorias verificadas nos diagnósticos e nos tratamentos. Contudo, pode dizer-se que cerca de 6% dos casos ficam com sequelas – complicações neurológicas, epilepsia, septicemia. As sequelas mais frequentes são da área […]

Ler Mais...

Hipermetropia

A hipermetropia (ou hiperopia) é um erro retração das lentes oculares (córnea e cristalino) que leva a que a imagem se foque atrás da retina, tendo como consequência dificuldade em ver ao perto, embora a visão ao longe esteja mantida. Pode surgir em qualquer idade, com ou sem astigmatismo. Na maioria dos casos, o problema […]

Ler Mais...

Outros tratamentos

Os antibióticos não deverão ser usados, a não ser por indicação médica as bactérias «boas» que colonizam o nosso intestino são mortas pelo antibiótico e perdemos um aliado importante. Os medicamentos para as cólicas, não têm geralmente indicação. As dores de barriga são uma consequência natural das alterações que ocorrem a nível intestinal e permitem […]

Ler Mais...

Vómitos

Há muitas causas de vómitos, desde doenças gastroenterológicas até mecanismos como a tosse, passando por otites, febre, meningites e situações psicossomáticas. O estômago reage praticamente a todos os fenómenos patológicos, designadamente quando nele entram substâncias que considera indesejáveis. O grande problema dos vómitos, para além da eventual gravidade da causa, é a desidratação, por perda […]

Ler Mais...

Sudamina

Este termo descreve a reação da pele ao calor (especialmente se também está um grau elevado de humidade), e não à luz solar. Como as crianças têm dificuldade em regular a temperatura, o excesso de produção de suor provoca os sinais característicos: manchas avermelhadas, sem saliência, especialmente na face, pregas do pescoço, tronco e braços. […]

Ler Mais...

O que causa a fibrose quística?

A fibrose quística é, como foi referido, uma doença hereditária, como um modo de transmissão recessivo, ou seja, para que um indivíduo manifeste a doença é necessário herdar dois genes doentes, um do pai, outro da mãe. Todas as crianças, para as diversas características, recebem genes dos dois progenitores. Toda a gente, mesmo as pessoas […]

Ler Mais...
Doenças | Para Pais.