Doeças



Neste site, mencionamos diversas situações de doença, que ocorrem no primeiro ano de vida. Algumas delas existem também no grupo etário do 1 aos 5 anos, pelo que as refiro aqui, se bem que, nalguns casos, de modo mais sintético.
Nos primeiros anos de vida, sobretudo a partir do ano, as crianças perdem a imunidade oferecida pela mãe durante a gestação e a amamentação, e estão também mais expostas ao ataque dos vários agentes: da poluição e do fumo do tabaco aos diversos micróbios (bactérias, vírus).

Trata-se de um fenómeno natural, já que os anticorpos vão sendo eliminados e renovados Sem as defesas que passaram da mãe, mas ainda sem as suas próprias defesas desenvolvidas a cem por cento, a vulnerabilidade dos bebés é maior.

Aliás, são curiosamente essas mesmas infeções que vão permitir a aprendizagem imunológica da criança e estimular a sua resistência, e fazer com que, dia após dia, ela fique mais forte – é quase como se de vacinas naturais se tratassem.
Nos dois ou três primeiros anos de vida, há ainda outro fator importante: é nessa idade que as crianças começam a contactar com o mundo que as rodeia, nomeadamente com outras crianças, portadoras cada uma dos micróbios que existem em casa, trazidos pelos pais e pelos irmãos. As creches e jardins-de-infância são um bom local para as crianças trocarem esses agentes, apanhando novas infeções quase todos os meses ou, em alguns casos, praticamente todas as semanas.

Em comparação com os bebés que estão em casa, frequentar um infantário, por exemplo, representa até aos 3 anos de idade uma probabilidade dez vezes superior de contrair uma doença infeciosa. Neste contexto, de grande exposição às infeções e, ao mesmo tempo, sem grandes resistências gerais, a criança terá de desenvolver as suas defesas locais – é aí que os adenoides entram em ação.

A partir dos 4 anos, os episódios de doença rareiam. Algumas situações podem aparecer de forma aguda, em qualquer idade, como uma apendicite ou uma pneumonia. A maioria das doenças genéticas ou perturbações do desenvolvimento terão já sido diagnosticadas no primeiro ano de vida, embora algumas sejam evolutivas e os sintomas e sinais clínicos evidentes só se manifestem mais tarde, precisamente a partir do ano. Finalmente, algumas doenças têm maior probabilidade de aparecer conforme a idade avança, como a miopia.

Decidi apresentar as doenças (e alguns sintomas e sinais mais comuns) por ordem alfabética, de forma a permitir ao Leitor procurar mais facilmente uma determinada situação.

Comentários

Doeças | Para Pais.