Posts found under: Desenvolvimento e comportamento

Sinais de esperança

A síndroma de Asperger é mais frequente nos rapazes, mas não exclusivamente. Como o desenvolvimento cognitivo e linguístico é grande – mesmo que orientado de maneira quase bizarra -, os adultos podem ter uma vida integrada, com profissão, e até manter relacionamentos afetivos, embora sempre com uma grande distância e dificuldade em expressar e compreender […]

Ler Mais...

Sinais e sintomas

Relações interpessoais • Dificuldade de interação social; • Dificuldade de empatia e compreensão das razões e emoções dos outros; • Indiferença perante as crianças da mesma idade, mesmo em grupos de pertença mais fechados, como a escola; • Pouco interesse pela «sorte coletiva» desses grupos; • Nenhum interesse em partilhar a informação com os outros, […]

Ler Mais...

A síndroma de Asperger

Fala-se cada vez mais desta síndroma, por vezes de forma exagerada – como já foi referida por alguns pedopsiquiatras – e cada vez mais se incluem estas situações num leque mais vasto de patologias, designadas por «doenças do espectro do autismo». Porventura a palavra também não é boa, dado que «autismo» é conotado com muita […]

Ler Mais...

Como suspeitar?

As dificuldades podem ser grandes, pela falta de caraterização específica dos sintomas. O conjunto de sintomas e sinais nas áreas mencionadas devem fazer, pelo menos, quando são consistentes e prolongados no tempo, debater o assunto com o médico-assistente: • Não tem amigos, nem está preocupado com o facto; • Não se interessa em conversar com […]

Ler Mais...

Quais as causas?

Ainda não se conseguiu chegar a uma conclusão sobre as causas das síndromas autistas, porque haverá um conjunto de doenças diferentes, com causas também diferentes. Provavelmente existirá, como em quase, tudo, um componente ambiental e um genético – quando há um filho com autismo, a probabilidade de um segundo ter a doença é de um […]

Ler Mais...

Perturbações do espectro do autismo e da hiperatividade

Usa-se e abusa-se do termo «autista». Se alguém não liga ao que dizemos rotulamo-lo de «autista». Um exagero. Por outro lado, tudo o que mexe é hiperativo, e qualquer um que tenha momentos de distração poderá ter, com grande probabilidade (pela parte dos leigos, esclareça-se) um «deficit de atenção». Talvez valha a pena separar bem […]

Ler Mais...
Desenvolvimento e comportamento | Para Pais.