Cortes de episiotomia



Uma episiotomia é uma incisão, ou corte, feito com uma tesoura na zona chamada períneo, que é o espaço de tecido entre a vagina e o ânus. Esta zona alonga e fica mais fina durante o parto para permitir que a cabeça do bebé passe com facilidade. Uma episiotomia é feita só numa situação de emergência. Um exemplo disso é a necessidade de o bebé nascer rapidamente, ou por vezes durante um parto assistido, por exemplo com fórceps (ver ao lado), para evitar um rasgar descontrolado. Antes de o processo se iniciar, será injetada uma anestesia local no músculo, para reduzir o desconforto da dor durante a operação. O corte precisa depois de levar pontos e isso, em geral, é feito pelo obstetra que acompanhou o parto.
Embora as episiotomias costumassem ser feitas por rotina há 10 ou 15 anos, agora só são feitas quando é realmente necessário. Deverá ser informada da razão por que ela é recomendada e terá de dar o seu consentimento verbal antes de se efetuar o processo.

Comentários

Cortes de episiotomia | Para Pais.