Como poderão os pais entender as amizades dos seus filhos, para intervir bem?



Os pais não devem criticar os amigos nem os grupos de pertença, embora possam analisar com os filhos algumas atitudes de algumas pessoas, e as dos filhos com essas pessoas.

A amizade tem de ser compreendida no seu contexto, e é um misto de lucidez e de emoção. Não podemos deixar que a lucidez nos dê demasiada racionalidade e intolerância, mas também há que sermos objectivos, até para ajudar os amigos quando temos de os criticar ou admoestar.

Comentários

Como poderão os pais entender as amizades dos seus filhos, para intervir bem? | Para Pais.