A música como parte indispensável do ambiente



As crianças só serão estimuladas para ouvir música se os pais, a escola e os diversos grupos onde se inserem as estimularem para isso. E, verdade também indiscutível e óbvia, só poderão optar por este ou aquele tipo de música se tiverem a oportunidade de conhecer os diversos género – desde a música
«pimba» a Mozart.

Uma casa onde se ouve música é uma casa onde o tempo tem geralmente uma gestão diferente, onde há mais hipóteses de tranquilidade e de escala humana. Onde a televisão está fechada por períodos longos. Onde as crianças se habituam a conviver com a arte mais espantosa e natural. E mais universal.

Claro que as crianças não aprendem apenas por si – é necessário chamar-lhes a atenção para o que estão a ouvir, dar as noções básicas dos vários tipos de música – e para isso não é preciso ser-se um erudito em termos musicais, basta percorrer as várias estações da rádio e fazer um jogo, de modo a
distinguir e classificar os vários tipos de música, das canções tradicionais à música clássica. Basta um pequeno rádio de pilhas.

Outro aspecto importante é frequentar ambientes onde se toca música – também para isto não é necessário muito dinheiro e, convenhamos, uma ida a um concerto custa tanto como um almoço ou jantar num restaurante.

Claro que, para muitas pessoas, representará  uma opção entre uma coisa e outra, mas a escolha da música como objectivo prioritário é exactamente isso – uma opção. É preferível comprar menos brinquedos, os quais provavelmente nunca serão utilizados, e cultivar o gosto pela música. Oferecer um pequeno rádio ou um pequeno leitor de CD’s é um começo ao alcance «de todas as bolsas».

Acresce que há inúmeros espectáculos nas diversas vilas e cidades (e até aldeias) gratuitos ou a preços extremamente módicos.

Habituar o ouvido a escutar música, mesmo se for apenas música ambiente, é fácil, e
sem isso a educação das crianças ficará incompleta. Ao habituarem-se a ouvir música,
de preferência de vários tipos, as crianças desenvolverão os seus próprios gostos e preferências, evoluindo em conhecimentos, e sentindo-se atraídas a tentar, experimentar, investigar e descobrir novos estilos, novos sons e novos ritmos.

Comentários

A música como parte indispensável do ambiente | Para Pais.